Houston, we have a problem...

Seus gestos invadem o ermo e o faz florescer...
O problema é o Papa Francisco. Os grupos ultraconservadores estão preocupados com a liberdade dos seus gestos e até do sorriso, e começam a orquestrar uma oposição. Onde se viu? Como é que pode?... Enquanto eles se escandalizam e se lamentam, o bispo de Roma e Papa continua a encher diariamente a Praça São Pedro... 

A bênção papal Urbi et Orbe (para a cidade de Roma e para o mundo) foi feita só em italiano! E o lava-pés da Quinta-feira Santa, quando lavou os pés de 2 moças, uma delas muçulmana!... As rubricas são claras: o Lava-pés é só para varões... 

Meu Deus do céu, como se escandalizam facilmente estas pessoas! Se o livro de consultas for só o Direito Canônico e não o Evangelho, a liberdade e humildade do Papa Francisco vão continuar chocando. E isso é bom! 

Até parecem aqueles fariseus do século I que acusavam Jesus de não respeitar as normas prescritas da Lei de Moisés e as tradições judias: Não guarda o sábado!

As celebrações do Papa Francisco têm novo gosto e são mais próximas de nós, dizia um jovem. 

O papa está marcando um estilo mais fraterno e seus gestos falam mais do que muitas palavras!

We have a problem: o Papa!

E ainda, nem começou a mexer com as tradições mais antigas! 

Francisco vai e reconstrói a minha Igreja... Ele não pode ficar sozinho nessa empreitada!

E você, o que acha?

23 comentários:

  1. Te louvamos por uma renovação na igreja catolica romana!

    ResponderExcluir
  2. Amigo Ramón.Realemnte os grupos ultraconservadores são uma preocupação,a grande maioria dos católicos espera e acredita na renovação da igreja.Um ato vale mais que palavras.Resemos por nosso Papa Francisco.Grande Abraço.Afonsinho.

    ResponderExcluir
  3. Nunca fui "papista"... mas estou ao lado (com muito ânimo) de Francisco nessa empreitada.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. O Papa está agindo como todo Santo em seu tempo, escandalizando os que NÃO são de Deus, mas na simplicidade, revelando o AMOR incondicional do Pai por toda a humanidade. Assim como São Francisco de Assis, ele está iniciando a reconstrução de uma Igreja baseada no verdadeiro Evangelho de Cristo, pura e simplesmente. É o nosso modelo a ser seguido! Que o Santo Papa tenha muitos e muitos anos de vida e Pontificado, para o bem de toda a nossa humanidade!

    ResponderExcluir
  5. os que jánão têm fé e não respeitam a vontade de Deus, nem nunca ouviu os seus avisos é que acham que as coisas devem mudar, deixar de ajoelhar, por sacrarios de lado, leigos darem a comunhão, padres casarem, mulheres serem padres... Agora o homem faz a vontade do homem e não de Deus, mas em breve Deus nos mostrará a Sua vontade e o homem sofrerá de remorsos e pedirá perdão a Deus por não ouvir os Seus avisos que dá hoje como sempre deu, aos homens.

    ResponderExcluir
  6. Sabe o que eu acho é que todos os que pensam como ele,é que concordam com tudo o que ele faz,e chamam a tudo o que el faz de humildade e aos consevadores de fariseus,Eu acho que as atitudes de Francisco como a dos que pensam como ele,não são atitudes de humildade mas de sobreva e farisaicas.1º porque Francisco disse para não gastarmos dinheiro desnecessario,para darmos aos pobres e logo a seguir ele foi gastar dinheiro com vestes novas desnecessariamente,porque já tinha vestes de graça e com mais significados,esse dinheiro tb devia te-lo aos pobres.(Ele deu umano cravo e outra na ferradura)e isso foi farisaico porque deu importancia à aparencia,não foi simples,pois simplicidade é ser desapegado de tudo,não desprezando as coisas boas que nos são dadas,até aceitar umacoisa que nos dão de bom e de graça ,como as graças de Deus,é preciso humildade,e como sabemos S. Francisco era desapegado das aparencias e com certezaele teria vestido as roupas que havia de graça,e não comprava outras,aqui Francisco não agiu como S. Francisco que era desapegado..Pois se fosse humilde usava as vestes que já havia.2º e muito mais importante,é ele ter retirado o genuflexorio para as pessoas não ajoelharem perante Jesus,ora se até os demonios ajoelham,porque é que o homem não ajoelha ou deixou de o fazer,é porque aindaconsegue ser mais sobervo.,porque perdeu apouca fé que tinha.Pois aDeus todo o joelho se dobre no céu naterra e no inferno e só a Deus devemos ajoelhar,e por isso Bergolio não deviaajoelhar -se perante os de outrareligião mas aconselhar os catolicos a ajoelharem na comunhão,como ajoelhamos perante o Santissimo exposto,Jesus é o mesmo.ou será que para alguns já não é ao ponto de terem que achar que isso deve mudar.?Os mais conservadores são mais fieis a Deus e mais humildes por isso que não querem mudar essas coisas que ofendem aDeus,porque quem ama não precisade mudar nada,porque Deus é sempre o Mesmo.Os conservadores assim estão agir como Madalena que comprou um perfume caro e limpou os pes com os cabelos,deu o melhor de si aJesus porque mais amou,Francisco comparo-o aJudas e aos outros que criticaram Madalena por isso,dizendo que ela devia ter dado esse dinheiro aos pobres.EJesus lhes respondeu que ela fez isso porque teve mais fé e amou mais ao contrário deles que nunca lhe fizeram isso,nunca deram o melhor si mesmos a Deus..por amor..Ora ajoelhar é darmos o melhor de nós mesmos a Deus.que nós sem o Amor a Deus somos nada,o que vale para Deus não é a pobreza ou a riqueza mas a Caridade o Amor com que fazemos as coisas.E os outros Papas ao usarem as vestes muito elaboradas foram mais desapegados de si mesmos,por isso as usaram e Francisco foi apegado às aparencias ao que os outros pensam,por isso que quis outras,para aparentar pobreza e humildade quando naverdade isso contrariou o que ele disse.A pobreza não é pecado nem ariqueza,pecado é ser apegado as coisas,pois hápobres avarentos e ricos generosos.O que vale é a Caridade e desapego de tudo e agirmos por amor a Deus.E o que vejo é que tudo o Francisco fizer,seja até mau,as pessoas cegas dirão que as suas atitudes são tudo simplicidade e humildade.quando não o é...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NOSSA RAMON!

      CONSERVADORES E PROGRESSISTAS COMEÇAM UMA GUERA SANTA!
      NINGUEM MERECE ESSE PALAVRÓRIO SELVAGEM!
      A QUESTÃO ÑÃO É MUDAR NADA, É FAZER VALER O QUE JÁ FOI ESCRITO NO VATICANO II.
      FRANCISCO APENAS ESTA FAZENDO AQUILO QUE VIU ESCRITO NA LUMEN GENTIUM!

      Excluir
    2. Obrigado Senhor por esse presente maravilhoso que nos deu emuma época tão desacreditada da igreja ,vem o Espirito Santo e nos presenteia com esse SER grandioso ex de humildade e de gente como nós.Oremos para que o PAPA FRANCISCO não seja tolhido pelos arrogantes do vaticano.

      Excluir
    3. "Bergolio não deviaajoelhar -se perante os de outrareligião mas aconselhar os catolicos a ajoelharem na comunhão" (sic)

      Meu caro, ajoelhar-se perante o próximo, seja ele samaritano ou judeu, palestino ou israelense, africano ou asiático é ajoelhar-se perante Deus...

      Precisamos mudar a perspectiva de um cristianismo voltado para a adoração vazia de objetos, no qual vale mais um "ajoelhamento", para uma visão de cristianismo a serviço do próximo, no qual o amor vale mais do que qualquer signo.

      Excluir
    4. Vê-se que vc, meu caro, ao dizer tais barbaridades´seja alguém que não entende nada de humildade e do que é ser humilde, talvez porque seja um dos muitos avarentos, ricos e cheios de soberba que utilizam de tais argumentos vazios para justificar seu apego às coisas materiais, à riqueza, à soberba... Pois dito foi pelo próprio Cristo que "..é mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha que um rico entrar no reino dos céus."
      Quando foi que roupas extramaemnte adornadas, cheias de ouro e pedras preciosas, cheias de luxo e pompa seriam "de graça" como vc diz??? Haja visto que elas vieram da opulência que fez a Cúria Romana gastar milhares de euros ou dólares na confecção das mesmas em detrimento de utilizar esse dinheiro com coisas mais úteis à Igreja de Cristo e aos seus fiéis, além do que podemos pensar que esse dinheiro vem da doação generosa e de obras, muitas vezes criadas pelos fiéis na intenção de que seja usado para o bem da Igreja e dos pobres e necessitados e foi gasto com tais trajes opulentos!!! Portanto não se pode dizer que o nosso Papa Francisco recusou algo que vem "de graça", como vc disse, para adquirir roupas mais simples.
      Concordo com o Leonardo Custódio(resposta acima) quando ele diz que 'vale mais um "ajoelhmento" para uma visão de cristianismo a serviço do próximo, no qual o amor vale mais que qualquer signo' ou símbolo! Não que estes deixem de ter seu valor mas não deveriam ser o foco principal, visto que nosso livro de consulta não deve ser somente o Direito Canônico e sim o Evangelho!!!
      Quando vc e os conservadores se apegam a estes argumentos, estão esquecendo do que É o centro da nossa fé cristã: Jesus Cristo e o Evangelho como a única lei a ser seguida! Tudo o mais é apenas acessório para ajudar e não para ofuscar o Evangelho, ou pelo menos deveria ser assim.

      Excluir
    5. Para Anônimo (uma pena que seja anônimo) que escreveu em 2 de abril: as roupas papais já estavam prontas antes mesmo do conclave começar, e foram feitas em 3 tamanhos, pois não era possível saber quem seria o novo pontífice. Aconselho-o a ler os evangelhos para ver diante de quem Jesus se ajoelhou. Saiba que o fez inclusive para se chegar a uma mulher adúltera que seria apedrejada, para dizer-lhe com carinho: "Ninguém te condenou? Eu também não te condeno". E, pasme, essa mulher não era cristã, até porque o cristianismo não era sequer um movimento constituído naquele momento. Quanto a classificar alguém de "apegado" sem nem mesmo conhecê-la pessoalmente, fazendo um juízo de valor à distância, só posso classificar isso de MÁ FÉ. Meu irmão anônimo, na correção fraterna, vivida pelos apóstolos, especialmente nas desavenças entre Pedro e Paulo, digo-lhe com carinho e caridade: estude! "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará". Estudar ajudará, inclusive, em suas incorreções de português, que comprometem a credibilidade de suas ponderações.
      Abraço fraterno!
      Nete Nascimento

      Excluir
  7. Eu não quero ter razão, mas serenidade. Sempre. Para continuar a caminhada, procurando compreender o que nem sempre me parece acessível. Creio que o silêncio interno e externo, ao invés de muita falação, me faz "sentir" algumas coisas fundamentais que fazem muito sentido para a minha vida.

    Não quero agredir ninguém e nem defender minhas opiniões - muito menos minha fé, que às vezes se torna também tão frágil.

    Serenidade a todos para experimentar as bençãos que são dirigidas a todos, indistintamente.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. Eu creio no Espírito Santo e sei que Ele não errou na escolha... O resto são meras conjecturas humanas!

    ResponderExcluir
  9. alma leve.... sincero...

    ResponderExcluir
  10. "Até parecem aqueles fariseus que acusavam Jesus..." - Meu Caro, 'até parecem' não... Eles são os 'fariseus' da atualidade... Quando vejo pessoas hipócritas agindo dessa forma, já chamo de 'fariseu'... Tenho amigos (padre e diáconos) que foram discriminados e afastados da Paróquia aonde serviam por causa de atitudes 'farisaicas' como essas, só porque tinham um estilo muito parecido com o do Papa. Como vemos, isso acontece aqui também , bem perto de nós... E é lamentável!

    ResponderExcluir
  11. Eu estou achando ótimo! Cheia de esperanças por uma nova Igreja!

    ResponderExcluir
  12. Vejam isso!... O nosso Papa é a esperança linda de uma fé unida pelo amor de Cristo...

    ResponderExcluir
  13. Renata Lagrotta Franco3 de abril de 2013 14:54

    Ele é o Papa da Esperança, "abrindo as janelas da Igreja para o mundo".

    ResponderExcluir
  14. Não tem como não se escandalizar com alguns comentários!!! Meus Jesus!!! Como ainda existem pessoas que mais parecem que estão na Idade Média e concordam com uma igreja cheia de escândalos e atitudes anti-cristãs...

    ResponderExcluir
  15. É com muita tristeza que digo isso, mas, muito mais escandaloso do que os comentários de alguns é a situação atual da Igreja. Os modernistas, progressistas, TL's de todo o gênero, com a sua interpretação nefasta do Concílio Vaticano II, estão transformando a Igreja nesse imenso prédio vazio. Veja-se a situação na Europa, onde deus" vem se tornando um acessório desnecessário, as Igreja estão vazias e o número de ateus não para de aumentar. Na América Latina, especialmente no Brasil, o povo católico foi entregue "de bandeja" para a corja do Macedo e de seus asseclas. Os temas espirituais deram lugar aos temas políticos. O que tem feito a CNBB a respeito disso, senão reuniões intermináveis e "subsídios" que ninguém lê? Quanto aos seminários, nem é preciso falar. Estão vazios e, algumas vezes, mal frequentados. Os poucos que lá estão recebem uma formação duvidosa, tornando-se, muitas vezes, infelizmente, em multiplicadores do erro. As ordens religiosas são uma sombra do que já foram no passado e o grosso de seu contingente é de sacerdotes com idade elevada. A perspectiva de renovação é preocupante porque os noviciados e demais casas de formação tem muita estrutura e pouca gente. Isso, com certeza, é lamentável. É lamentável, por fim, que um católico se preste a usar o argumento sórdido de se referir, injustamente, à Idade Média como fazem os ateus e materialistas, de forma a detratar aquele período da história. É sinal de que a propaganda deles foi muito bem feita e que os católicos, principalmente os responsáveis pelo governo da Igreja não tiveram a coragem de defender a verdade. Resta-nos, a promessa de Jesus, graças a Deus.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir