Dia 10/FEV: São José Luís Sanchez del Río (1913-1928), rogai por nós...


Gostei desse quadro do jovem José Luís, com os pés descalços,  sendo coroado VENCEDOR pelo Papa Francisco, no dia da sua canonização (16/OUT/2016). A Igreja o reconheceu como mártir, testemunha gloriosa de Jesus.

Nos dias em que esteve preso, por ocasião da guerra Cristera no México, o menino José Luís, 14 anos, foi covardemente torturado.

Mais tarde, 8/FEV, foi obrigado a assistir ao enforcamento de Lázaro, outro jovem que fora preso junto com ele, na tentativa de forçá-lo a abjurar de sua fé católica. O corpo de Lázaro, de fato, foi deixado no cemitério, mas o jovem recobrou os sentidos e conseguiu fugir.

No dia de sua execução, 10/FEV, José Luis foi novamente torturado, lhe foram esfoladas as plantas dos pés, e lhe obrigaram a caminhar descalço até o cemitério, onde foi apunhalado ao lado da fossa onde seria enterrado. Moribundo, foi-lhe pedido novamente para abjurar da fé, mas nosso amigo só balbucia: “Viva Cristo Rei!”.

José Luís morreu com um tiro na cabeça. Dois amigos de infância presenciaram, escondidos, a sua execução, Era noite... 


0 comentários:

Postar um comentário