Para uma nova primavera eclesial...

Era demência peregrina sonhar o contrário...

As palavras e os gestos do Papa Francisco nos fizeram sonhar com uma Igreja mais evangélica e fraterna. Em pouco tempo, uma brisa suave, quase divina, soprou por todos os lados, fazendo possível essa primavera eclesial. Eis o que vemos e ainda desejamos:
  1. Sem medo das mudanças! Não contentar-se com o de sempre para abrir caminhos novos ao Evangelho. Precisamos ainda de maior criatividade no nosso modo de ajudar...
  2. Mais humildades, pacientes e misericordiosos. Relacionar-nos com todos com maior carinho, buscando mais o que une e não o que nos separa... 
  3. A Igreja é do Senhor, e os bispos são pastores e servidores deste povo amado por Deus. A diversidade é um dom do Espírito...
  4. As periferias geográficas e existenciais, onde vive a maioria das pessoas, esperam por nós. "Panelinhas" e grupos fechados ficam de lado. Precisamos ter maior mobilidade e itinerância...
  5. Todos somos discípulos missionários. Na Igreja cabem todos! Uma Igreja dedicada não só em conservar os que já lhe pertencem, mas empenhada sobre tudo em buscar os distantes e as ovelhas perdidas...
  6. Priorizar a transmissão e educação da fé dos pequenos e das crianças. Se Deus entra na nossa vida, ficará para sempre...
  7. Acompanhar fraternalmente às famílias, verdadeiros espaços de amor e de fé, sem querer impor o nosso modelo matrimonial como único e exclusivo.
  8. Priorizar as vocações sacerdotais e religiosas, selecionando positivamente os candidatos aos ministérios ordenados.
  9. Não esqueçamos dos pobres, amados de Deus. A Igreja opta preferencialmente pelos mais necessitados, como uma mãe que cuida do filho menor até ele que cresça, do distante até que ele chegue, do doente até que ele cure...
  10. A misericórdia e a alegria são próprias dos seguidores de Jesus
Você gostaria de acrescentar outras características para nossa Igreja ser ainda mais significativa? 

3 comentários:

  1. "Igualmente Padre, bendiciones abundantes.
    Necesitamos una Iglesia Madre y Maestra, que nos ame. Pero que también nos corrija y enseñe como se debe, sin ocultar la maravilla de la Enseñanza de la Iglesia a lo largo del tiempo y la historia, en el Presente, Hoy (Dios es el Eterno Presente).
    Que muestre verdaderamente el camino de Jesucristo Nuestro Señor, del Dios hecho Hombre para salvarnos y darnos la Vida plena. Amén".

    ResponderExcluir
  2. Na Igreja cabem todos! Que bonito...
    Que signifique, também, a atitude de discipulos que, infinitamente confiantes no exemplo de seu Senhor e Deus, abra-se para todos os irmãos de outras crenças, fraterna, ecumênica, humilde, receptiva, disposta a venerar e acolher o AMOR em todo o universo, em toda a criação.

    ResponderExcluir
  3. Na igreja cabem todos!
    Essa é a Igreja de Jesus Cristo!
    Acrescentaria uma maior participação das mulheres. Quando vejo na minha paróquia que o pároco não deixa as meninas serem coroinhas, dá uma tristeza.....

    ResponderExcluir