Visões e audições divinas...

Deus continua se revelando a algumas pessoas em particular. Não são poucos os que testemunham hoje semelhantes visões e audições interiores divinas.  Eis alguns critérios que facilitam convalidar respeitosamente a experiência mística:

1. Grande respeito pelas pessoas que afirmam ter recebido semelhante graça. Sua experiência é sempre subjetiva e digna de ser considerada.

2. A experiência mística é fundamentalmente noética, isto é, quem a experimenta sente uma iluminação mental, um novo conhecimento e não apenas uma sensação subjetiva.

3. É também uma experiência inefável. As palavras não conseguem expressar o conteúdo do sentido e experimentado.

3. É uma experiência sagrada e quem a experimenta sabe que é algo santo, embora nem sempre saiba explicar-se com linguagem teológica.

4. É uma experiência profunda e gozosa. Essa felicidade é contagiosa, pois a pessoa experimenta uma vontade grande de ajudar e de viver para os outros.

5. É paradoxa e desafia o lógico. Aparentemente absurda, pois se refere continuamente ao transcendente e leva o sujeito ao mesmo tempo a sair de si mesmo.

6. A pessoa muda para algo melhor: Muda de vida, e começa a ter hábitos mais saudáveis, valoriza a espiritualidade, etc…

A experiência do divino é divina!

Você gostaria de acrescentar outros critérios?

3 comentários:

  1. O discernimento é fundamental...

    ResponderExcluir
  2. Pe. Ramón, o senhor tem uma capacidade de esclarecer e esquematizar um assunto tão complexo com uma facilidade e clareza impressionantes. Obrigado por suas reflexões.

    ResponderExcluir
  3. Amei a explicação. Muito clara, é a vivência do Reino em nós. MA RA VI LHA.

    ResponderExcluir