CNBB repudia a nova ministra da Agricultura...

Inteligência e elegância nem sempre caminham juntos...
O Conselho Indigenista Missionário, vinculado à CNBB, manifesta seu repúdio às infelizes declarações da ministra da Agricultura, Kátia Abreu (PMDB-TO), 05/JAN/2015, no Jornal Folha de S. Paulo.

A elegante ministra deslegitima o direito dos povos indígenas sobre suas terras tradicionais arguindo a tese absurda de que “os índios saíram da floresta e passaram a descer nas áreas de produção”. Total ignorância ou má fé! Não são os povos indígenas que saíram das florestas, senhora ministra, mas os agentes do latifúndio, do ruralismo e do agronegócio que invadiram e derrubam as florestas assassinando as populações que nelas viviam.

Esta atitude esdrúxula de quem mal assumiu o Ministério de Agricultura pisoteia os direitos dos que lutam pela distribuição equânime da terra: povos indígenas, quilombolas e camponeses. Sem meias palavras ela defende o latifúndio e não o pequeno agricultor.

Leia nota de protesto do presidente do CIMI clicando AQUI.



0 comentários:

Postar um comentário