Introdução ao AT: Geografia...

É fundamental conhecer a Terra do Santo não só por que ela foi escolhida por Deus, mas porque ela formou homens e mulheres santos. Esta terra, como um quinto Evangelho, se estende desde Dã (norte) até Beer-Sheva” (beer=poço)’. As dimensões da Palestina Bíblica são: 240 km em linha reta, mas desde Metulla (ao lado de ) até Eilat são 416 km; a largura media é de 65 km. A superfície total é de 21.946 km[1].

1. Clima de Israel. Região subtropical com duas estações: inverno (chuvas de NOV a ABR) e verão (seco de MAI a OUT):
Litoral (Oeste): Clima mediterrâneo (quente e úmido no verão; temperado no inverno).
Depressão do rio Jordão (Leste) é quente e seco no verão e úmido no inverno (Tiberíades-209m; Jericó-250m; Ein Gedi: -395m).
Região montanhosa (Centro): fresca e seca no verão e fria no inverno (M. Tabor: 588m; M. das Oliveiras: 881m; M. Scopus: 831m; M. Garizim e Betel: 881m; Silo: 915m).
Desertos (Neguev, Arabá... no Sul)verão (quente tórrido e seco) e inverno (frio e com chuvas torrenciais).

2. Nomes desta Terra: esta região, onde se desenvolveram os acontecimentos bíblicos, é chamada com diversos nomes, conforme as diferenças políticas e religiosas dos seus habitantes:

Terra de Canaã[2] (Gn 6,10, 10,6; 12,5; 13,12; 28,1; 37,1; Num 13,2): Nome mais usado pelo AT. Faz referência à população indígena que ali habitava quando se assentaram as tribos israelitas.
Israel[3]: O nome deriva de Jacó, chamado assim por Deus. Israel é o território que as tribos ocuparam na época dos juízes (1190 aC) e durante os reinados de Davi (1010 aC) e Salomão. Após a morte de Salomão, este nome foi reservado para as 10 tribos do reino do Norte. O nome de Israel ressurgiu, como entidade geográfica e política, com a formação do atual estado (1948).
Palestina[4]: Este nome deriva dos filisteus e assim foi chamado na época da ocupação romana. Recentemente ‘Palestina’ indica a região administrada pelo Mandato Britânico e reivindicada hoje pelos habitantes árabes (‘palestinos’). Atualmente tem um sentido altamente político e polêmico.
Terra Santa (Terra do Santo!): Nome usado pelos cristãos referindo-se aos acontecimentos bíblicos ali acontecidos.

Este território é um grande corredor, passagem obrigatória de caravanas de paz ou exércitos de guerra que iam da Europa para Ásia e da Ásia para África (Egito).

3. Espaço geopolítico importante. Faz parte da Meia Lua fértil, que vai dos rios Tigre e Eufrates (impérios Assírios, Babilônicos e Persas) até o Nilo (Faraós do Egito). É atravessada por duas importantes estradas internacionais: a Via do Mar (‘Via Maris’ cf. Is 9,1) e a grande Via dos Reis (‘Via Regia’, Num 20, 17; 21,22).

Num espaço tão pequeno existe tudo o que de bom e de ruim há no mundo (jardins, deserto, cidades, montanhas e depressão[5]) existe nesse pequeno espaço de terra.

Neste pequeno pedaço de terra aconteceram coisas maravilhosas (e espantosas!) com um punhado de pessoas.  


[1] Menor que o estado de Sergipe 21.994 km.
[2] Descendentes de Cam, um dos 3 filhos de Noé. Não só viu o pai nu e bêbado, como parece que teve relações com ele, daí a maldição (Gn 9, 22-27). 
[3] Israel: Nome dado por Deus a Jacó, depois de lutar com ele (Gn 32,28).
[4] Filisteus: ‘Pelistim’ entraram  pelo mar/Oeste na época em que Josué entrava pelo deserto/Leste.
[5] O Mar Morto está a -400m do nível do mar.

0 comentários:

Postar um comentário