Quinta-feira Santa: Refeição escandalosa a de Jesus...

Última Ceia... (Salvador Dali, 1955)
Última Ceia... Jesus, desde o início. quis resgatar a vida humana fazendo-se gente, misericórdia e alimento... Sua proposta? Mais vida a partir da mesa e da partilha com todo tipo de pessoas.

Jesus participou de muitas refeições, quase sempre com 'excluídos' (Zaqueu, Simão o leproso...), até se deixar fazer pão na grande mesa da Ceia Pascal. Por isso, cada vez que nos reunimos em torno da “mesa”, fazemos memória das refeições escandalosas de Jesus com os pecadores, pobres, doentes e marginalizados...

Se toda mesa é já bendita, depois de Jesus ela se tornou um lugar de encontro fraterno com o Pão e Vinhos partilhados. Comer e beber juntos sempre foi uma forma de expressar aliança, amizade e união... Os laços humanos reforçam-se ao participar da mesma mesa. Nesse tipo de mesa, a traição do amigo é impensável.

Na mesa nos alimentamos e humanizamos: alegrias partilhadas, tristezas compartidas, segredos confiados... Na última Ceia, Jesus se colocou no lugar não dos comensais, mas dos que servem, dos excluídos. Seu gesto nos convida, pois, a deslocar-nos e fazer sentar todos ao redor dessa mesa, sem exclusões,  como irmãos e irmãs, e servi-los. Na mesa do Senhor cabem sempre todos, também você e eu...

Enquanto houver excluídos, o banquete de Jesus está incompleto. Não é possível reconhecer o Corpo do Senhor na Eucaristia se não reconhecemos o Corpo do Senhor na comunidade, na sua imensa diversidade. As refeições de Jesus eram escandalosas por que Ele não excluía ninguém.

Se olhamos o passado, sabemos o que Deus fez por nós; vendo o presente, sentimos o que Ele faz misericordiosamente conosco, sentando-nos à sua mesa... E o futuro? Ah! O futuro é um desafio... O que eu vou fazer pelos outros depende só do meu amor!

A mesa de Jesus é escandalosa não por que está Zaqueu ou Judas, mas por que também estamos você e eu...

Uma pergunta: Você ainda exclui alguém da 'sua' vida?

9 comentários:

  1. Abrir p coração!!! Que a cada dia aprenda partilhar. Regina Carvalho

    ResponderExcluir
  2. Sentar a mesa e partilhar a refeição é ter intimidade. Que Deus nos faça ter um coração acolhedor. Regina Carvalho

    ResponderExcluir
  3. Sentar a mesa é partilhar a intimidade. Que a cada dia aprendamos a partilhar com o que necessita não só do pão, mas da palavra.

    ResponderExcluir
  4. Lindamensagem! Sentimos falta de estar a mesa com você. Para nós você é o testemunho desse amor imenso de Jesus por nós... Tem e Teresa

    ResponderExcluir
  5. Adorei.. como sempre! Stella

    ResponderExcluir
  6. Excelente reflexão, amigo. Excelente!

    ResponderExcluir
  7. Que linda reflexão padre Ramôn! Obrigada, Adinalva.

    ResponderExcluir
  8. Obrigada pelo belo texto. Ajuda-me a saborear o dia de hoje.

    ResponderExcluir
  9. Que saibamos sempre abrir o nosso coração para servir o próximo!

    ResponderExcluir