Encontro histórico: Papa Francisco com o presidente de Cuba…

Se este Papa seguir assim, regressarei à Igreja católica...
O presidente de Cuba, Raúl Castro, e o Papa Francisco mantiveram uma histórica reunião em Roma, 10/MAI/2015; embora fosse uma visita “particular”, para agradecer o papel que a Santa Sé teve na reaproximação dos países USA-CUBA. 

A vinda do presidente cubano ao Vaticano era praticamente impossível. Mais uma vez triunfou a "cultura do encontro" proposta e propagada pelo Papa Francisco a todos nós. O encontro  destes dois latino-americanos também foi altamente positivo e significativo. Em certo momento, Raul Castro chegou a dizer ao Papa Francisco: "De algum modo também eu sou jesuíta, pois estudei no Colégio Belém, de Havana, com os padres jesuítas..."  

Castro elogiou o Pontífice pela "sua sabedoria e humildade" e disse aos jornalistas: “Se este Papa seguir assim, voltarei a rezar e regressarei à Igreja Católica...” 

Ele apenas expressou o que muitos sentem no seu coração!

O encontro durou 50 min. e foi muito cordial.

Agora só falta vir o presidente da China!

0 comentários:

Postar um comentário