A música nos aproxima da eternidade...


O "REQUIEM ALEMÃO" de J. Brahms (1833-1897) é maravilhoso. Para muitos a melhor obra sinfônica-coral feita. Por ela, podemos dizer o apegado que estava o autor à sua mãe (+1865), em cuja memória eternizou esta obra.

Convido-o a escutar o número V: "Ihr habt nun Traurigkeit", Agora estou cheio de tristeza... para soprano e Coro. 

Esta audição mexe com as nossas entranhas. A esperança brota da dor experimentada...

Quem nunca perdeu um ser querido?

Para escutar e sentir no silêncio do seu quarto CLIQUE AQUI.


0 comentários:

Postar um comentário