O Papa visita prisão e reza junto à fronteira com os EUA...


O Papa encerrou sua viagem apostólica ao México, em Ciudad Juárez, junto à fronteira com os EUA. Lugar de dor e esperança. Quantos morreram antes de pisar a terra prometida! 
Foi uma maratona para ninguém colocar defeito e que Francisco percorreu amorosamente. Ciudad Juárez  (Estado de Chihuahua), no extremo norte, é considerada uma das cidades mais violentas do mundo, com problemas ligados ao tráfico de pessoas e às drogas. Visitou a prisão ‘CeReSo’, onde estão cerca de 3 mil detidos. Pobres, indígenas, deficientes, presos... Só Deus e o Papa Francisco para se aproximar deles!  
O Papa levou consigo autoridades e bispos que nunca entraram numa cadeia!
Mais tarde, Francisco presidiu uma Missa ao ar livre, na fronteira com os Estados Unidos da América, para chamar a atenção dos responsáveis internacionais dos conflitos em relação aos migrantes.
O papamóvel passou simbolicamente junto à tela de rede que separa USA do México, para saudar também aos que estavam do lado norte-americano, em El Paso.
Na Missa, o Papa usou uma férula (similar ao báculo dos bispos, com a parte superior em cruz) de cedro, feita pelos reclusos.
Impossível fazer mais e melhor em tão pouco tempo!


0 comentários:

Postar um comentário