Pedro e André, se abraçam...


A reconciliação acontecerá em Cuba, daqui a pouco. Os irmãos não se viam desde 1054. E nesse tempo de afastamento, tantas brigas entre os povos que criam no mesmo Senhor Jesus. Por fim, o abraço. Todos esperávamos essa reconciliação de Moscou e Roma. E hoje deve acontecer. 

Onde o Patriarca Kirill quiser, quando quiser e como quiser... era o desejo do irmão mais velho. E por fim, se encontraram, se abraçaram, se beijaram e choraram...

A fraternidade é dom do Espírito Santo. 

Deus seja louvado!


0 comentários:

Postar um comentário