Jesus das estradas poeirentas... (anônimo)


Jesus das estradas poeirentas
dá-me percorrer contigo tua terra de andanças.

Dá-me seguir-te, a Ti somente. 
Tu passaste deixando tuas “pegadas” no pó da estrada,
e sem perguntar por quê, muitos te seguem.

Vás sem nada, caminhando qual romeiro;
e vás chamando seguidores, que te seguem sem nada levar.

Quem se atreve a pisar descalço tuas pegadas, sempre em marcha?

A cidade não é teu caminho, é dura para as tuas sandálias.
Gostas de deixar na terra a marca de tuas pegadas.

Senhor dos Caminhos, que tiras as pessoas da segurança, 
das suas casas, de seus bens...
e as atrais para seguir teus passos, feito atalho estreito,
um convite para ir onde quer que vás.

Quero ser caminhante, de coração pobre e livre,
feito tenda aberta em teu chamado. 
Amém!

0 comentários:

Postar um comentário