Operação 'PATMOS': o Apocalipse que nos espera...


A nova e bombástica ação da Polícia Federal e da PGR vem ocupando as manchetes dos meios de comunicação social, desde a noite do 17/MAI, e recebeu o sugestivo nome de Operação Patmos.
A referência a Patmos é pelo potencial “apocalíptico” da operação, no âmbito político, pois os principais investigados é ninguém menos que o presidente da República, Michel Temer, além do senador Aécio Neves, presidente do PSDB, e Guido Mantega, do PT, ex-ministro da fazenda nos governos de Luis Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.
No imaginário popular “apocalipse” está associado com o “fim do mundo” ou com grandes catástrofes. Este é o sentido a que remete a operação 'Patmos', devido à gravidade das denúncias que vêm sendo divulgadas.
Patmos é uma pequena ilha da Grécia no mar Egeu, onde o apóstolo João escreveu o livro do Apocalipse.
Pensávamos que o pior já tinha passado e que o câncer desaparecera, parece que se alastrou perigosamente não só pelo poder executivo, mas também pelo judicial.

O que nos espera? O que vamos ainda ver? Só o tempo dirá, mas os 4 cavalos do Apocalipse já foram soltos e começaram a galopar sobre a nossa terra atingindo pessoas que, pelo cargo não podiam ser nem suspeitas...
E você o que pensa desta crise apocalíptica que estamos vivendo?


0 comentários:

Postar um comentário