As vítimas de Karadima se reunirão com o Papa no domingo...


A viagem do Papa a Chile, JAN/2018, foi um fiasco. Entre o Núncio, o cardeal de Santiago e alguns bispos quiseram montar um circo que o povo chileno rejeitou, e condicionou o Papa a dizer coisas falsas, e que depois publicamente se arrependeu. 

A medida que o tempo passa, as coisas vão se iluminando. O Nuncio Scapolo foi recebido pelo Papa na Semana passada, pedindo-lhe explicações por sua atitude omissa diante de escândalos episcopais graves. 

E agora chegam os leigos, vítimas de F. Karadima (*1930), para serem escutados pelo próprio Papa já que nem o Núncio nem o cardeal os quiseram receber. E a meados de maio, 14 a 17/MAI, todos os bispos chilenos se encontrarão com o Papa, para apresentar soluções dignas e válidas, diante do conflito eclesial acontecido. O Cardeal de Santiago Errázuriz já se encontra em Roma…

Na segunda-feira José Andrés Murillo e James Hamilton, outras das vítimas de Karadima, também se encontrarão com Bergoglio. Os três são hóspedes na Casa S. Marta. 

O que poderá acontecer? Eu imagino que o Núncio apostólico Ivo Scapolo será retirado do Corpo Diplomático, ou pelo menos do Chile; a mesma coisa, o Cardeal de Santiago, por sua omissão, e o bispo de Osorno, Juan Barros, y mais 4 ou 5 bispos por serem encobridores da pedofilia.

Mentir ao Papa é um pecado grave que estes senhores, por ignorância ou maldade, cometeram...  


0 comentários:

Postar um comentário