Você sabia? 783 edifícios eclesiásticos foram legalizados ultimamente no Egito...


No Egito (85 milhões de hab.) nem sempre a convivência muçulmana-cristã foi pacífica e ordeira. Frequentemente a minoria cristã Copta, 10% da população, foi perseguida e pouco respeitada.

O governo atual do general Al-Sisi (*1954), bem diferente do anterior da Fraternidade muçulmana, pretende dar espaço mais democrático a todos os egípcios sem distinção religiosa. Assim, pois, foram regularizadas, até agora, 783 igrejas cristãs já construídas nesse país. Parece muito? Há mais de 3.700 igrejas, já construídas, e que esperam ainda ser legalizadas pelo governo. 

Lembro-lhe que há 30 jesuítas trabalhando no Egito, e 9 jovens no nosso noviciado do Cairo. 

A tradição Copta diz que o cristianismo entrou no Egito com o evangelista são Marcos. 



0 comentários:

Postar um comentário