Conheça alguns brasileiros que participam do Sínodo...


O Sínodo da Amazônia conta com a participação de 250 participantes, dentre os quais a maioria são brasileiros. Alguns bispos - dos 56 provenientes da região amazônica -, padres e leigos que atuam no Brasil têm posição de destaque na Assembleia.
O cardeal dom Cláudio Hummes, O.F.M., que já foi arcebispo de São Paulo e prefeito da congregação para o clero, atua como relator geral.
O cardeal dom João Brás de Aviz, atual prefeito para os Institutos de Vida Consagrada é um dos três presidentes delegados.
Alguns bispos e especialistas ajudaram a preparar o sínodo, como dom Erwin Kräutler, bispo que ficou famoso por idealizar a proposta de ordenar homens casados de “fé provada”: os viri probati.
Pela primeira vez, a sala do sínodo será ocupada, em grande parte, por mulheres:  Freiras e leigas especialistas em espiritualidade indígena, preservação do meio ambiente, e outras temas referentes à vida na região amazônica. Não têm direito ao voto, mas participam dos grupos de partilha. 
Professora Márcia Maria de Oliveira, doutora em Sociedades e Cultura Amazônicas, que ajudou na elaboração do Instrumentum laboris do Sínodo, trabalha como perita na assembleia.
A pesquisadora Ima Célia Guimarães Vieira, integrante da Comissão Nacional pelo Meio Ambiente e autora do primeiro diagnóstico brasileiro sobre biodiversidade e serviços ambientais.
Pe. jesuíta Adelson Araújo dos Santos, atual diretor do Centro San Pietro Favre, da Universidade Gregoriana de Roma, auxilia o Secretário geral na parte científica.
procurador regional da República Felício de Araujo Pontes Junior, especialista em direitos indígenas.
Tapi Yawalapiti, filho de Aritana Yawalapiti, o cacique mais velho e mais respeitado do Alto-Xingu, MT,  mestrando da UNB no Laboratório de Línguas e Literaturas Indígenas. Foi membro da comitiva do índio caiapó Raoni na sua visita ao Papa Francisco, em maio/2019.
O cientista Carlos Alfonso Nobre, nobel da paz em 2007, considerado um dos maiores meteorologistas do país; auxilia os bispos na parte técnico-científica.
Uma equipe de primeira divisão!

0 comentários:

Postar um comentário