Papa Francisco e a barca dos migrantes…



Dia 29/SET celebramos o dia do migrante. E quem não foi migrante um dia? Muitos de nós saímos de nossas cidades ou até da própria terra para adentrar confiantes num outro país e numa outra cultura. 

Essa barca de bronze e barro medindo quase 5 metros de cumprimento simboliza a humanidade migrante que busca um porto seguro para retomar a própria vida. Sabemos que algumas instituições e até países se volcam para dar uma acolhida digna a estes nossos irmãos. 

Essa barca frágil carrega pessoas de diferentes raças, credos e culturas percorrendo os mesmos perigos e anseios. A estátua chamada de `Anjos anônimos´ permanecerá numa lateral da Praça São Pedro “para que lembremos sempre do desafio de acolherA obra é do artista canadense Timothy Schmaltz, autor também da famosa escultura que simboliza Jesus Cristo num mendigo em situação de rua, e que se encontra hoje na entrada de  Cafarnaum/Israel. 

Ninguém e por nenhum motivo deve ser excluído do nosso convívio. Estrangeiros, migrantes, viúvas, órfãos, LGTB são membros da mesma fraternidade humana. Paulo já dizia: “Alguns sem o saber acolheram até anjos!... (Hb 13, 2)

Quem acolhe o necessitado sempre acerta!



0 comentários:

Postar um comentário