Jesuíta nomeado Prefeito da Secretaria de Economia da Santa Sé...


Padre Juan Antonio Guerrero (*1959), jesuíta espanhol, 60 anos, foi nomeado pelo Papa Francisco para o cargo de Secretário para a Economia da Santa Sé. Padre Guerrero era o Conselheiro Geral e Delegado do Padre Geral para as casas e as obras interprovinciais romanas.

Como jesuíta é uma alegria receber uma missão diretamente do Papa. É um modo privilegiado para realizar a minha vocação” assim disse o Pe. Guerrero. “A obediência que professo sempre me levou a percursos inesperados, conduziu-me a caminhos que jamais teria ousado e sou muito grato. Para mim, a obediência é um lugar privilegiado de encontro com o Senhor”.

Como Delegado do Padre Geral para as casas e obras Romanas, o Pe. Guerrero foi Superior Maior até agora de 360 jesuítas provenientes de 69 províncias jesuítas de todo o mundo: Pontifícia Universidade Gregoriana, Pontifício Instituto Bíblico, Pontifício Instituto Oriental, Observatório do Vaticano, Civiltà Cattolica, Centro Aletti, Colégio Russicum, Colégio Bellarmino, Colégio de Jesus, Dicastério para a Comunicação (Rádio Vaticano) e outros dicastérios da Santa Sé. 

Cumpriu outras missões de governo: Provincial da Província jesuíta de Castilla, com mais de 600 jesuítas, e contribuiu ao processo de reorganização das províncias jesuítas espanholas.

Todos sabemos que essa área dos dinheiros do Vaticano é um campo minado. Há muitos interesses antigos e obscuros para serem organizados e purificados. Até agora todos os prefeitos desse departamento foram arcebispos ou cardeais. Agora, um simples padre jesuíta com um objetivo: por ordem nas finanças da Igreja sem entrar no carreirismo clerical.   

Queira Deus que o Pe. Guerrero consiga exercer essa sua missão com sucesso, sem perder sua alegria e bom humor.




0 comentários:

Postar um comentário