Os tênis de Jesus...


Há absurdos que parecem impossíveis. Você compraria um tênis por R$ 12.270? Isso é um escândalo! Grife, ostentação, charme é o que alguns gostam e apreciam, sem se importar com o preço.

Alguns tênis se tornaram artigos de luxo e exclusividade, tal qual sapatos produzidos pelas mãos das mais renomadas grifes italianas. Modelos exclusivos e quase artesanais. As pessoas pagam mais caro porque dificilmente produtos idênticos serão encontrados por aí.
Recentemente, um escritório com sede em Nova York resolveu fazer o lançamento dos “Jesus Shoes, tênis definidos como “o modelo que Jesus Cristo usaria caso vivesse nos dias de hoje”.
Os “Jesus Shoes”, que na verdade são um par do modelo Nike Air Max 97s branco, porém sem ligação oficial com o fabricante, são assim chamados devido a sua customização: em cada um dos solados transparentes foram injetados 30 ml de água benta proveniente do rio Jordão, tingida de azul e abençoada por um padre; as palmilhas originais foram substituídas por modelos de tom vermelho, como os sapatos tradicionalmente papais, e perfumadas com incenso.
Há ainda outras referências religiosas, como o crucifixo de aço preso ao cadarço do pé direito, onde há também há o INRI (Iesus Nazarenus Rex Iudeorum), e uma pequena inscrição na parte lateral referente ao versículo de Mateus 14, 25: Jesus andando sobre as águas
A caixa dos tênis exibe um anjo, e um selo que se assemelha ao do Papa. Os primeiros “Jesus Shoes” colocados à venda se esgotaram em questão de minutos, um valor impensável e completamente absurdo se levarmos em consideração toda a simplicidade que marcou a vida de Jesus Cristo na Terra.
Muitos cristãos se orgulham (e não há nada de errado nisso) de exibir sua religiosidade em roupas e acessórios (colares que imitam terços, escapulários, pulseiras, anéis...) 
Agora chamar esses tênis de Jesus parece-me desorbitado e quase blasfemo.
E você o que pensa?


0 comentários:

Postar um comentário