Um dos melhores filmes brasileiro: Lavoura Arcaica...


Lavoura Arcaica narra em primeira pessoa a história de André, que se rebela contra as tradições patriarcais impostas por seu pai, e foge para a cidade, onde espera encontrar uma vida diferente daquela de sua família. Quando é encontrado em uma pensão suja por seu irmão Pedro, passa a contar-lhe, de forma amarga, as razões de sua fuga.
Sem ordem cronológica, André faz uma jornada sensível a sua infância, contrapondo os carinhos maternos e os ensinamentos punitivos do pai. Este valoriza acima de tudo o tempo, a paciência, a família e a terra, fiado na doutrina cristã. Mas, André não aceita esses valores. Ele tem pressa, autor de sua própria história vive com intensidade incompatível com a lentidão do crescimento das plantas.
Nesse trajeto, a paixão incestuosa por sua irmã Ana, e sua rejeição, exercem papel fundamental na decisão de fugir da casa da família. A mãe desesperada manda o primogênito Pedro buscá-lo para tentar reconstruir a paz familiar. Trazido de volta para a fazenda, André é recebido por seu pai em uma longa conversa e uma festa que, ao invés de resolver o conflito, evidenciam a distância intransponível das gerações. A história é como uma versão invertida da parábola do filho pródigo.
Em 2001, o filme Lavoura arcaica, com direção e roteiro de Luiz Fernando Carvalho a partir da obra de Raduan Nassar. A versão cinematográfica do livro recebeu mais de 50 prêmios e, em novembro de 2015, e entrou na lista dos 50 melhores filmes brasileiros.

Para ver o filme Clique aqui

E você o que sentiu?


0 comentários:

Postar um comentário