Pais católicos com filhos LGTB encontram o Papa Francisco...

 Desde 2015, grupos de pais católicos com filhos e filhas LGBT têm surgido em toda a Itália, e desejando sair do silêncio, para dizer à sua Igreja que todos são filhos de Deus e, como tal, devem ser acolhidos e amados.

 

La Tenda de Gionata é um desses grupos, uma associação de cristãos LGBT e os agentes pastorais que os acompanham. Queríamos que o Santo Padre Francisco conhecesse o nosso caminho e nos confirmasse na busca da verdade e do bem. E assim nasceu a ideia de pedir a admissão à audiência geral de hoje, para encontrar o Papa Francisco e dar-lhe de presente o livrinho: Pais de sorte.

 

No final, Mara Grassi (vice-presidente da Tenda di Gionata e mãe católica com filho homossexual) disse: O Papa falou da contemplação, para descobrir o amor de Deus e a luz de Deus em toda a criação, nas pessoas e nas coisas.

 

Eu disse ao Papa, entregando-lhe nosso livreto, Pais de Sorte, que temos sorte porque fomos forçados a mudar nosso olhar, o olhar com o qual sempre olhamos para nossos filhos, e ver neles a beleza e o amor de Deus. Queremos fazer um caminho com a Igreja, fazer uma ponte com a Igreja, para que também a Igreja mude o seu olhar para os nossos filhos, não os excluindo mais, mas os acolhendo plenamente.

 

E o Papa respondeu: Claro, o Senhor os ama como são, porque são todos filhos de DeusE também a Igreja deve amá-los como são.

 

0 comentários:

Postar um comentário