ESCOLHO A VIDA... (Pe. B. Gonzalez Buelta SJ)

Considerarei como Nosso Senhor Jesus Cristo exerce o ofício de consolador, à maneira como os amigos costumam consolar-se uns aos outros (EE224)




 

Nesta manhã

endireito meu corpo

abro meu rosto,

respiro a aurora

e escolho a vida.

 

Nesta manhã

acolho meus golpes,

silencio meus limites,

dissolvo meus medos

e escolho a vida.

 

Nesta manhã

olho nos olhos,

abraço outro ombro

dou minha palavra

e escolho a vida

 

Nesta manhã

repouso na paz,

alimento o futuro,

partilho alegria,

e escolho a vida.

 

Nesta manhã

te busco na morte,

te ergo do lodo,

te levo tão frágil

e escolho a vida

 

Nesta manhã

te escuto em silencio

te deixo preencher-me

e escolho a vida

0 comentários:

Postar um comentário