Dia 3: Santíssimo nome de JESUS...

 

A festa do “Nome do Senhor”, onomástico da Companhia de Jesus, que era celebrada no dia primeiro do ano foi transferida para dar lugar à festa de “Maria, Mãe de Deus”. Quando o segundo dia do ano cai num domingo, caso particular do ano de 2022, isto é, celebra-se a festa da “Epifania do Senhor” (Adoração dos Reis Magos) obrigando a Igreja hospedar a memória do “Santíssimo Nome do Senhor” como festa fixa no terceiro dia do ano.

Para Inácio de Loyola e os primeiros companheiros a festa do "Santíssimo Nome do Senhor" era mais que devoção, pois neste dia se celebra o Titular da Companhia. As três letras no centro do brasão dos Jesuítas são as três primeiras letras do “Nome de Jesus”: IHS Jesus dos Homens Salvador


José de Anchieta, depois de ordenado padre (1565), feito superior da Vila de São Vicente (1567), na véspera do dia do Onomástico da Companhia de Jesus apresentou na Vila de São Vicente o seu Auto de Natal: a “Pregação Universal” (1561).  


A referência à festa do “Santíssimo Nome de Jesus” se faz sentir quando proclama no final do espetáculo o "Nome" do seu principal personagem (JESUS), Aquele que é nosso “Capitão”. Essas referências são suficientes para que possamos identificar como José de Anchieta usa de um espetáculo já constituído em Piratininga (1561) para divulgar entre seus públicos o significado do nome de JESUS. 



0 comentários:

Postar um comentário