15 - Reunião: As fraquezas de são Pedro

Oração Inicial. Ó São Pedro, dai-me a graça de vencer as minhas fraquezas e fazei que a vossa fé e o vosso amor para com Cristo, sejam para mim um estímulo para vos imitar. Dai-me um imenso amor para com Jesus. E quando eu morrer, abri-me as porta do Reino dos Céus. Amém.

Graça a pedir: Admirar-me de como Deus, por causa de minha fraqueza, se relaciona comigo de uma forma tão bondosa e pessoal!

Partilhar: Como foi a oração da última quinzena.

Ler com fé Mc 14, 66-72 (Pedro negou a Cristo três vezes).

Tema da reunião: As fraquezas de São Pedro. Simão nasceu em Betsaida e morava em Cafarnaum, pois era pescador. Ele foi o primeiro dos discípulos a proclamar Jesus como Filho de Deus. Jesus muda o seu nome e o chama carinhosamente de “pedra” da Igreja! Mateus diz que Pedro, por diversas vezes, fraquejou na sua fé, apesar de amar Jesus com um amor incondicional.

A tradição conta que, sendo o primeiro bispo de Roma, decidiu fugir da cidade, onde os cristãos eram perseguidos e executados na arena, e encontrando-se com Jesus (romance de H. Sienkiewicz: "Quo Vadis?"), lhe pergunta: "aonde vais, Senhor?" ("Quo Vadis, Domine?") e Jesus lhe responde que se dirigia a Roma, para ser martirizado com as suas ovelhas que foram abandonadas. Pedro, arrependido, volta para Roma e morrerá crucificado. A tradição diz que exigiu que fosse crucificado de cabeça para baixo, já que não se considerava digno de morrer da mesma forma que Jesus.

Nossas fraquezas são realmente um trampolim que nos aproximam mais do Senhor Jesus?

Para partilhar:
  1. O que a fraqueza de Pedro e o seu amor incondicional por Jesus lhe quer ensinar?...
  2. Com quais aspectos de Pedro você se identifica?
  3. O que sente do relacionamento de Pedro para com Jesus e o de Jesus para com Pedro?
Avaliação da reunião:
  • Com me senti?
  • O que levo desta reunião?
Dever de casa:
1º dia: Lc 5, 1-11                                    
2º dia: Mt 16, 13-23                              
3º dia: Mt 17, 1-13                                 
4º dia: Mt 18, 21-22
5º dia: Mt 4, 22-33
6º dia: Mt 14, 24-33.

0 comentários:

Postar um comentário