Vocação de Mateus, por Caravaggio (1571-1610)

Exposta e admirada na Igreja de São Luís dos Franceses (Roma)

A pintura, feita no ano de 1600, é  uma das mais célebres de Caravaggio e retrata o chamado de Mateus: Partindo Jesus dali, viu sentado na coletoria um homem chamado Mateus, e disse-lhe: Segue-me. E ele, levantando-se, o seguiu... (Mt 9,9)
Contemple o desenho. A tela tem dois planos paralelos: o superior, a janela fechada (Cruz!) e o inferior: Cristo chamando Mateus. Mateus está sentado ao redor de uma mesa, com um grupo de pessoas, ensimesmado com o dinheiro...
Cristo traz a luz a este espaço escuro dos angariadores de impostos... A Luz ilumina os rostos, as mãos e parte da roupa dos presentes...
Jesus está acompanhado por Pedro. Pedro simboliza a Igreja. A mão de Jesus indica alguém do grupo, mas o indicado, Mateus, não o percebe, pois está concentrado avidamente no dinheiro... Mas a luz começa a iluminar seu rosto e logo ele levantará os olhos e acolhera o chamado do seu novo Senhor...
Alguns pensaram que Mateus era o personagem barbudo, que olha Jesus... Não, é o outro, aquele que está totalmente absorvido com as coisas do mundo... O que está ao lado de Mateus, até se escandaliza, como dizendo: o pior de todos, o pecador público é o escolhido? Jesus chamou 12, não porque eram santos mas para que o fossem!

O poder santificador de Cristo está bem sinalizado pelas ricas roupas dos personagens (chapéus emplumados!) que estão ao redor da mesa, são vistosas e seguem a moda do século XVII. Pelo contrário, as túnicas de Jesus e a de Pedro são simples... e eles estão descalços!
Uma pergunta: qual o interesse que seduz você?

 

0 comentários:

Postar um comentário