Palavras maravilhosas de Jesus Ressuscitado...

Ele veio a mim vestido de sol...
O Senhor Jesus Ressuscitado se aproxima dos seus discípulos (e discípulas!) amados para animá-los, consolá-los e fortalece-los na sua nova caminhada eclesial. Eis algumas das palavras pinçadas também para nossa consolação:

- Alegrai-vos! (Mt 28,20). Alegria buscada por todos, mas tão difícil de encontrar. A vida é dura e a euforia pouco perdura... Como experimentar nos contratempos diários a alegria interior do Ressuscitado?

- A PAZ esteja convosco! (Jo 20, 19). Vivemos num mundo confuso e conturbado, desejoso de paz. Dentro de cada pessoa há o bem e o mal, mas parece que a violência e a mentira dominam. O Senhor Ressuscitado nos dá a sua PAZ! Shalom!

- Não tenham medo! (Mt 28,10). Tantos tipos de medo acompanham o ser humano: Deficiências, perdas, traições... Não somos donos de nada e o pouco que temos podemos perder a qualquer momento! Contudo, a palavra é dele e diz para confiar!... Quais os medos que mais lhe perturbam?

- Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações... (Mt 28,19). Só pacificados podemos ser testemunhas de uma vida nova. Ide pelo mundo inteiro!... Mas, comece pela sua casa!

- Estou convosco todos os dias, até o fim dos tempos (Mt 28, 20). O Senhor está ou não está no meio de nós? Será que Ele nos abandonou? O próprio Jesus disse estar conosco sempre. Você sente o Senhor presente na sua vida?

- Voltem para a Galileia. Lá me verão... (Mt 28, 10). O anjo disse àquelas mulheres: Ide depressa contar aos discípulos: Ele ressuscitou dos mortos e vai à vossa frente para a Galileia. Lá o vereis... (28,7). Galileia, foi lá onde tudo começou! Reviver a experiência fundante da nossa fé...

- Tu me amas?... (Jo 21, 15). As palavras anteriores do Ressuscitado foram dirigidas a todos. Estas última palavra a Simão Pedro, é também dirigida a cada um de nós. Sinta que o Senhor lhe pergunta: E tu me amas?... O segue-me posterior depende da sua resposta...

Estas palavras mudaram radicalmente a vida de muitas pessoas...

0 comentários:

Postar um comentário