EPIFANIA...

Deus se nos apresenta inesperadamente...
 
Um dia, a Luz se nos apresenta. Caminhamos na escuridão, nas incertezas da vida, como os Magos seguindo uma estrela... Caminha quem tem perguntas e inquietações no coração.

“Epifania” é aparecer, transparecer do mistério ocultado. Esta eclosão de graça acontece gratuitamente; não provém de uma decisão nossa, mas exige nossa atenção.

Os olhos dos Magos vêem na gruta a fragilidade e a impotência de um recém-nascido. Mas eles enxergaram muito mais: O pequenino é o Esperado de todos os povos e de toda a Criação. Diante dele só cabem a adoração, a entrega e um novo caminhar. Toda viagem que culmina na manjedoura é ponto de partida para novos caminhos.

A viagem dos Magos se torna, assim, símbolo da vida cristã. De repente, descobrimos a luz que tudo ilumina e que dá um novo sentido ao próprio viver.

Quem encontrou Deus se transforma num peregrino e  testemunha de sua presença.


0 comentários:

Postar um comentário