Vírus jesuítico: ser humanos...

Para a ocasião do XVI encontro latino-americano de Antigos Alunos dos jesuítas, em Guayaqil/Equador (11-13/NOV), o Papa Francisco gravou uma vídeo-mensagem aos participantes, respondendo à pergunta: “O que o Papa, a Companhia de Jesus e a Igreja esperam de uma pessoa que estudou num colégio ou numa universidade jesuíta?

A resposta se inspira no número 101 dos Exercícios Espirituais, em que Santo Inácio reflete sobre o Mistério da Encarnação. Quem tem o “vírus” inaciano, afirma o Papa, vive em constante tensão olhando para o céu, para a terra e para a pessoa de Maria. Não pode enterrar a cabeça como um avestruz diante da realidade ou viver uma religiosidade “light”.

“Este é um Congresso americano, o que está acontecendo na América Latina, quantas crianças não vão à escola, não têm alimentação suficiente e não têm saúde? Pensem nas ‘tragédias humanas’ da América Latina”, diz o Papa, citando um bairro de Buenos Aires em que abundância e carência dividem o mesmo espaço, frequentado por muitas pessoas que se professam católicas.

Quem tem o ‘vírus jesuíta’, afirma Francisco, tem que se questionar o que dizer a Deus diante da desigualdade, da exploração das crianças no trabalho, quando as empresas minerárias usam cianureto e arsênio para extrair o mineral e isso prejudica a saúde das pessoas. “Estou em tensão ou tranquilo e cômodo?”, questiona o Papa, que conclui:

Bom, é assim que os quero, em tensão. E a verdade sempre se dá na tensão, não está parada, cristalizada, mas o leva a mudar, a imitar Deus, redentor e santificador; o leva a ser humano.

Você tem esse "vírus"?

5 comentários:

  1. Mto bonito. Mas não se pode focar nas questões sociais esquecendo-se de Deus e da Santa Igreja Católica, pois sem isso, esss atitude radical se torna algo vazio e sem sentido. Mas se tiver Deus e a Igreja em mente, só se tem a ganhar ainda mais força para combater tais injustiças

    Heitor

    ResponderExcluir
  2. Sim, estudei em colégio inaciano e acho que inocularam esse vírus. Mas não é fácil viver com ele em um mundo que parece muitas vezes tão indiferente e umbiguista. (C.M.C.F)

    ResponderExcluir
  3. Tenho pedido a Deus para não desanimar . E continuar tendo o vírus. Abraços com saudade... (T.F)

    ResponderExcluir
  4. Sim tenho o virus que anuncia, que contagia... É como é bom tê-lo porque assim sabemos que nossa vida pertence a Elê. Nossa experiência com Jesus nos faz questionar e ter uma aritude de missionário.

    ResponderExcluir