Dia 30/JAN: Pe. João Batista Libânio SJ (1932-2014), teólogo incansável do povo de Deus...

Combati o bom combate. Cheguei ao fim de minha carreira, guardei a fé... (2 Tim 4, 7)
João Batista Libânio nasceu em belo Horizonte/MG e entrou jovem na Companhia de Jesus (Jesuítas), onde fez seus estudos de Filosofia (Nova Friburgo e PUC-Rio) e teologia (Alemanha e Pontifica Universidade Gregoriana/Roma).
Sua vida foi dedicada especialmente ao magistério e à pastoral. Diretor de Estudos do Pontifício colégio Pio Brasileiro, em Roma, durante os anos do Concílio Vaticano II, o que lhe facilitou seu contato com os bispos e assessores de todo o Brasil. Foi teólogo, professor, escritor, formador, pastoralista e evangelizador da Juventude
O Pe. Libânio, como era popularmente conhecido,  publicou 36 livros e inúmeros artigos em jornais e revistas. Possuía uma excelente memória e dando palestras era um verdadeiro showman, cativando plateias pelas suas idéias, palavras bem usadas e sentido de humor. Ele foi, por muitos anos, assessor da CRB (Conferência dos Religiosos do Brasil), da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) e de diversos encontros nacionais das Comunidades Eclesiais de Base

Faleceu em Curitiba, 30/JAN/2014, decorrente de um infarto, quando orientava um retiro para professores.

O Pe. Libânio foi um presente de Deus para todos nós!

5 comentários:

  1. Boa tarde Pe. Ramón! Li diversas vezes sobre ele através do Professor Eduardo Machado/BH que aprecia muito cita-lo como referência,em suas crônicas, assim como Padre Candinho. Que a Sagrada Família, seja hoje a sua acolhida no Reino de Nosso Senhor, que ele permaneça em paz, na certeza da missão cumprida, esse foi o tempo escolhido por Deus para que ele apresentasse a sua safra, os frutos de sua semeadura, seus dons, carismas e talentos em prol do seu próximo! Meus sentimentos à família, amigos,alunos.

    ResponderExcluir
  2. Que triste Pe. Ramon, Vamos sentir muito a sua falta como educador e como orientador. Ele marcou presença pronunciante na comunidade, não só na católica. Envio meus sentimentos a toda família inaciana. Um abraço ao senhor, cheio de saudade.

    ResponderExcluir
  3. Pe Libanio alem destas e outras qualidades era uma pessoa humana cativante e amiga

    ResponderExcluir
  4. Ouvi dizer que era um grande herege. Pode ser calúnias. Que Deus Tenha piedade de sua alma.

    Heitor

    ResponderExcluir