3. SONHADORES DO FUTURO...


Nosso Deus é um e trino. Você é um, mas carrega às vezes dupla personalidade: De dia é um santo, mas à noite...

Vamos buscar nossa unidade mais profunda, nosso eu melhor, criado à imagem e semelhança de Deus.

A analogia da chama pode ajudar: nela há três forças: O esplendor, o vermelho e o fogo... (S. Hildegarda de Binguen, s. XII), mas formam unidade. Você não pode andar rompido e dividido pela vida... Equilibrar-se é uma sabedoria antiga e divina.

Contemplar a Trindade significa beber na fonte da vida que é unidade no amor e tempo eterno presente. Às vezes parecemos com espelhos quebrados reproduzindo muitas imagens...

Quem contempla Deus vive com coerência o contemplado e amado. Somos pessoas íntegras e integradas, como esponjas encharcadas de Deus?... Perguntava a grande S. Teresa.
Santo Inácio de Loyola tinha também uma experiência íntima com Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Quem ama o Filho, também ama o Pai e o Espírito que é amor. Quem me vê, vê o Pai... (Jo 14, 9).

Como remover os obstáculos que o impedem de ser o que devemos ser? Quais as distrações, confusões, e egoísmos que cegam a visão e o fazem surdo e mudo, para o bem?

Coloca-me com o Teu Filho! pedia insistentemente Inácio de Loyola na sua oração à Mãe de Jesus. E movido pelo Espírito Santo se colocou a serviço dos outros.

Jesus é a verdadeira imagem do Deus invisível. O rosto misericordioso de Deus.

Diante de Deus só podemos nos prostrar ou louvar!

Para Orar: Mateus 25, 14-30. 

0 comentários:

Postar um comentário