Logotipo ecumênico da viagem do Papa a Suécia...


A viagem do Papa Francisco à Suécia, por ocasião dos 500 anos da Reforma Luterana, é motivo de discussão, por parte de alguns. Há os que louvam esta aproximação fraterna e os que a condenam veementemente.

O logotipo da viagem coloca Cristo no centro de tudo: da cruz e do banquete para o qual são chamados todos os povos da terra. Este é o tema inspirador da visita do Papa Francisco aos representantes da Igreja Luterana, nos dias 31/OUT a 1/NOV.

Deus uno e trino, criador e reconciliador. Na base, as mãos divinas mantêm unidas todas as coisas criadas. Jesus Cristo, palavra de Deus, que se torna presente na Eucaristia, é o ápice de toda a vida. Ele apoia toda a criação e renova a vida do homem com a sua morte e ressurreição. A vinha e a videira representadas simbolizam Cristo e o povo de Deus.

A pomba que se vê em três partes representa o Espírito Santo. É a certeza de que a obra de salvação de Deus continua a exprimir o seu poder em todos os tempos e situações, segundo a promessa divina.

A fonte batismal simboliza a água viva que regenera o homem inserindo-o no corpo de Cristo, na comunhão dos santos. A Eucaristia manifesta a comunhão visível da Igreja. Jesus Cristo, no centro do banquete, oferece-se como alimento para a viagem, para fortalecer a unidade e reconciliar todas as pessoas abatendo os muros de divisão.

De fato, a cruz representa o desejo mais profundo de uma Eucaristia ainda não compartilhada.

Rezemos e acompanhemos!

0 comentários:

Postar um comentário