Próximo Sínodo 2018: Os jovens, a fé e o discernimento vocacional...


De acordo com um comunicado divulgado pela Santa Sé, o Papa Francisco escolheu o tema para o próximo Sínodo dos bispos depois de consultar as Conferências Episcopais, as Igrejas Orientais Católicas e a União dos Superiores Gerais, e até o parecer do XIV Conselho Ordinário.
O tema, expressão da solicitude pastoral da Igreja para com os jovens, está em continuidade com o que emergiu nas recentes Assembleias sinodais sobre a família e com o conteúdo da Exortação Apostólica pós-sinodal Amoris Laetitia.
A finalidade, pois, do próximo Sínodo é acompanhar os jovens em seu caminho existencial rumo à maturidade, para que, através de um processo de discernimento, “possam descobrir seu projeto de vida e realizá-lo com alegria, abrindo-se ao encontro com Deus e com os homens, participando ativamente da edificação da Igreja e da sociedade”.
A juventude quer ser ouvida na preparação, durante e após a realização do Sínodo. Não ser meros ouvintes, mas participantes destas decisões, para que realmente sejam sujeitos atuantes da sua história. “Não queremos que nos anestesiem a alma, para poder almejar grandes ideais que certamente cada um de nós traz no coração".
Se é Sínodo deverá haver grande participação!

0 comentários:

Postar um comentário