Deus é fonte inesgotável de vida…


Como será a nossa vida depois de morrer? Jesus sempre foi muito sóbrio ao falar da vida nova após a ressurreição, mas quando um grupo de saduceus ridicularizava a fé na ressurreição dos mortos, ele entra de cheio no assunto. Primeiro, rejeita a ideia pueril dos saduceus que imaginavam a vida dos ressuscitados como prolongação desta, que agora temos. Não é bem assim.

Há uma diferença colossal entre a nossa vida e a vida plena, sustentada diretamente pelo amor de Deus. Essa Vida após a morte é absolutamente «nova».

Os primeiros cristãos mantiveram essa esperança. O apóstolo Paulo dizia que O olho nunca viu nem o ouvido escutou nem conseguimos imaginar o que Deus preparou para os que o amam...

O céu é uma novidade além de qualquer experiência terrestre; por outra parte, a bíblia se refere a Deus como ao Deus de Abraão, Isaque e Jacó. Apesar da morte desses patriarcas, Deus continua sendo o seu Deus, protetor e amigo. A morte não destrói o amor nem a fidelidade do nosso Deus.

Para Deus nunca morrem os seus filhos, pois é um Deus de vivos! No céu não há cemitérios!

Deus é fonte inesgotável de vida. O amor de Deus para conosco é muito maior do que a morte.

Com humildade podemos dizer: Meu Deus, em Ti confio plenamente! Não me defraudeis… (Sl 25,1-2). Eu acredito na vida eterna!

E você oo que pensa sobre este assunto?

0 comentários:

Postar um comentário