Perdoar é recolocar-se em caminho...

Jesus ergueu-Se e disse-lhe: Onde estão eles? Ninguém te condenou?” (Jo 8, 10)


O perdão de Deus é amor autêntico e nos ajuda para nos transformar-nos no melhor que podemos ser. Perdoar é ajudar para retomar o caminho perdido.

A passagem da mulher adúltera foi ignorada durante séculos pelas comunidades cristãs porque a misericórdia de Deus escandalizava. O nome daquela mulher não é conhecido, mas ela nos representa a todos. Com tudo, essa coitada é acusada e condenada a morte pelos poderes opressivos dos homens sobre as mulheres.

Mas o cristianismo é o abraço carinhoso entre Deus e o ser humano. Onde há misericórdia ali está Deus; onde há rigor e severidade talvez estejam os ministros de Deus, mas não Deus (Santo Ambrósio).

Jesus ergueu-se perante a mulher adúltera como quem se levanta perante uma pessoa importante. Foi a proximidade da misericórdia com a miséria humana (Misericórdia et misera. Santo Agostinho). Rompe-se a ideia de um Deus que condena e se vinga, justificando a violência.

Jesus realiza uma revolução radical. Um Deus nu, pendurado na cruz, e que perdoa, será o gesto comovente e definitivo para desativar o pavio das infinitas bombas sobre as quais se assentou a humanidade.

O perdão não é ostentação de poder, mas recolocar em caminho uma vida perdida. Deus é assim... E você sabe perdoar?



0 comentários:

Postar um comentário