Igreja católica no mundo: 17,7% da população mundial em 2015…

2


Segundo o Vaticano, a população mundial de católicos estava em 17,72%, no ano de 2015.

A população mundial, segundo a agencia FIDES, era de 7.248.941.000 pessoas (31/DEZ/2015), com um acréscimo de 88.202.000 num ano. O número de católicos era de 1.284.810.000 pessoas.

A Igreja diminui na Europa (1.344.000 a menos); e aumentou na África (7.411.000), na América (4.756.000), na Ásia (1.583.000) e na Oceania (123.000).

E o número de sacerdotes? No ano de 2015, diminuiu em 136 pessoas, respeito ao ano anterior, alcançando a cifra de 415.656 padres. O continente mias prejudicado foi a Europa (2.502 padres a menos); aumentaram África (1.133), Ásia (1.104), Oceania (82) e América (47).

Os padres diocesanos são maioria (281.514), e aumentaram em 217, respeito a 2014; os sacerdotes religiosos eram 134.142, e diminuíram em 353 num ano.

E os diáconos permanentes? Alcançaram a cifra de 45.255, (689 a mais num ano), em 2015, sendo a imensa maioria diocesanos (44.627), 673 a mais do que no ano anterior.

Os religiosos irmãos (não sacerdotes) eram 54.229 (330 menos que em 2014), e as religiosas: 670.330 (12.399 a menos).

E os missionários leigos? A gente não imaginava que fossem tantos: 351.797 (16.723 a menos), e os catequistas 3.122.653 (142.115 menos).

Meu comentário: A diminuição da vida religiosa na Igreja, entre outros fatores, segundo o meu parecer, se deve a severa repressão e desconfiança que o Vaticano manteve com os/as religiosos/as no longo período do papado de João Paulo II. O Papa Francisco, pelo contrário, modificou esse comportamento hostil, embora tenha manifestado sua preocupação pela diminuição de pessoas nos quadros da vida consagrada. Esta perda debilita à Igreja!


A Igreja está viva e o Senhor Jesus a leva...


0 comentários:

Postar um comentário