4º DTP: JESUS BOM PASTOR...

“Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida por suas ovelhas”(Jo 10,11)



A partir deste 4º Domingo de Páscoa, a liturgia se afasta dos relatos das aparições do Senhormas não sai do tema pascal. O tema do Bom Pastor: dar a Vida, está profundamente sintonizado com o tempo de Páscoa. Jesus está vivo e comunica Vida à comunidade.

Crer e anunciar a Ressurreição é confiar na Vida que já não morre. Somos chamados a proclamar que há algo mais além da vida limitada e frágil. A morte foi vencida. Viver a Páscoa significa apostar pela qualidade de vidaPaira por todo lado uma falta de cuidado para com tudo e todos. Jesus foi o “homem-do-cuidado” e deixou aos seus seguidores esse mesmo estilo de vida. O evangelista Marcos diz com extrema finura: Ele fez bem todas as coisas! (Mc 7,37).

A cada dia o Pai chama as criaturas pelo nome e as convoca à vida: águas fluem, animais procriam, astros retomam seu curso e o ser humano acorda para cumprir suas tarefas. A Criação se refaz de crepúsculo em crepúsculo e de aurora em aurora.

O cuidado é algo mais que uma virtude; ele é a raiz do ser humano. `cuidado´ nos faz sensíveis e nos compromete com quem está à nossa volta, e nos une às criaturas. Jesus de Nazaré foi o homem do “cuidado”, revelou à humanidade o “Deus que cuida”, especialmente os pobres, os famintos, os discriminados e os doentes.

As parábolas do bom samaritano (compaixão pelo caído na estrada), do filho pródigo (acolhido e perdoado pelo pai), e, sobretudo, a do Bom Pastor, são expressões exemplares do amor que vira `cuidado´.

Cuidar é dar atenção, descentrar-se de si próprio e sair em direção ao outro. Sem o cuidado deixamos de ser humanos.

O amor é a expressão mais alta do cuidado, porque o que amamos também cuidamos.



0 comentários:

Postar um comentário