O Retrato de São Francisco Xavier... (Ir. Epifânio Barbosa SJ)


São Francisco Xavier foi fidalgo, cavaleiro, nobre, estudante, penitente, jesuíta, missionário, catequista, herói, desbravador… santo!
Esses níveis de competência, encontrados no Padroeiro das Missões, têm muito a ensinar-nos e podem ser lidos como lição perpétua de como a vivência da competência em chave de humildade fará dos cristãos verdadeiros e felizes servidores da missão de Nosso Senhor Jesus Cristo.
O fidalgo São Francisco Xavier mostra-nos que a família em que nascemos e nos criamos é a base para a construção do caráter reto e da plena moral.
O cavaleiro São Francisco Xavier propicia-nos refletir sobre nossas batalhas diárias, sobre as lutas que travamos a cotidiano para o bem maior e para a felicidade dos que nos cercam.
O nobre São Francisco Xavier propõe-nos um trato com os demais que deve sempre ser marcado por galhardia, alteridade, ânimo e abnegação.
O estudante São Francisco Xavier nos faz perceber que a aprendizagem é coisa de toda a vida e da vida toda.
O penitente São Francisco Xavier reforça para nós o sentido de como o autoconhecimento é gerador de saber-se para emendar-se e crescer.
O jesuíta São Francisco Xavier aponta um rumo concreto e vocacional a que todo o humano é chamado ao aceitar ser amigo no Senhor de todos.
O missionário São Francisco Xaviernos impele a desbravar um admirável mundo novo aos olhos do velho mundo em que habitamos e que possuímos dentro de nós mesmos.
O pregador São Francisco Xavierinstiga a não calarmos diante das verdades que precisam ser ditas e vividas para maior glória de Deus e salvação nossa.
O catequista São Francisco Xavierrevela-nos o quanto ainda há boas notícias a serem declaradas em todo o orbe.
O herói São Francisco Xavier conclama-nos a refletir que os atos heroicos são mais simples e cotidianos do que poderíamos imaginar.
O desbravador São Francisco Xavier admoesta a que o olhar inicial de estranhamento a outras realidades que não a nossa seja pouco a pouco convertido em entendimento de coração do terreno sagrado que é a história do outro.
Por fim, o santo São Francisco Xavier é para nós modelo para em tudo acertarmos e não desviarmos nossas intenções e operações do caminho do amor de Deus.
Aprendamos de São Francisco Xavier que nos mostra, propicia e propõe; nos faz perceber, reforça, aponta e impele; instiga, revela, conclama e admoesta a sermos cada vez mais competentes na arte de fazer o bem no mundo, de amar a Deus e de servir a todos, pois se não amar não serve.

0 comentários:

Postar um comentário