O modo estranho do Papa proceder...


Aconteceu no Santuário de Loreto/Itália, há poucos dias atrás (25/MAR). Alguns ficaram chocados pelo Papa não permitir que o povo beijasse seu anel, como manda o protocolo e a tradição no modo de saudar o Papa e os bispos. 
Todos vimos como o Papa retirava sua mão quando os fieis a tentavam beijar. Por que essa mudança de última hora? Algumas opiniões foram dadas: 
1ª O Papa e os bispos não são senhores feudais, mas pastores do povo de Deus, daí ele retirar a mão para ser beijada. O protocolo poderia ter avisado de ante-mão o novo modo de proceder, para as pessoas não ficarem chocados.
2ª O Papa quis ser cumprimentado por mais pessoas do que poderia. Se as pessoas o cumprimentassem com o beija-mão ele ficaria uma hora a mais do tempo estipulado, daí acelerar a forma de saudar as pessoas. 

3ª Outra razão pode ser por higiene.   


Diante da repercussão e críticas, sobretudo de setores mais conservadores, me veio em mente a cena do encontro de Pedro com Cornélio (At 10,25-26):
Quando Pedro estava para entrar, Cornélio foi ao seu encontro e, caindo a seus pés, reverenciou-o. Pedro, no entanto, o ergueu, dizendo: “Levanta-te, pois eu também sou apenas um homem!”.

Para ver o gesto brusco do Papa CLIQUE AQUI



0 comentários:

Postar um comentário