Por uma nova economia... (Papa Francisco)


O Papa Francisco é de uma criatividade impressionante. Agora propõe “A Economia de Francisco”, evento agendado para os dias 26 a 28/MAR/2020, em Assis, para procurar novas propostas de organização económica.

Em maio de 2016, o Papa Francisco afirmou que o dinheiro e o poder sujam a Igreja. O Papa disse que o caminho que Jesus indica é o serviço, mas com frequência na Igreja buscam-se poder, dinheiro e vaidade: estas tentações mundanas comprometem também hoje o testemunho da Igreja:

E o que aconteceu aqui com os apóstolos, inclusive com a mãe de João e Tiago, é uma história que acontece todos os dias na Igreja, em cada comunidade. ‘Mas entre nós, quem é o maior? Quem comanda?

A vontade mundana de estar com o poder acontece nas paróquias, nos colégios e também nos episcopados, uma atitude que não é a atitude de Jesus que veio para servir e ensina o serviço e a humildade. 

Dias depois, o Papa Francisco disse que explorar os trabalhadores para enriquecer é ser como sanguessugas e isso é um pecado mortal.

O Papa recordou o que diz S. Tiago: “Olhai que o salário que não pagastes aos trabalhadores que ceifaram os vossos campos está a clamar; e os clamores dos ceifeiros chegaram aos ouvidos do Senhor do universo!

Francisco recordou a precariedade dos vínculos laborais. A exploração das pessoas hoje é uma verdadeira escravidãoViver do sangue das pessoas é um pecado mortal

O Papa Francisco propôs uma reflexão sobre a exploração das pessoas no mundo do trabalho que chega mesmo à escravidão. O Santo Padre pediu ao Senhor que “nos faça entender aquela simplicidade que Jesus nos diz no Evangelho de hoje: É mais importante um copo de água em nome de Cristo que todas as riquezas acumuladas com a exploração das pessoas”.

Para refletir sobre a economia mundial. “A Economia de Francisco” juntará empresários, universitários, estudantes e especialistas. Será um grande evento especialmente dirigido para refletir sobre o futuro próximo da economia mundial numa perspectiva humana e inclusiva. Ninguém está contente com o que temos...

No próximo dia 24/SET terá lugar em Florença uma primeira reunião preparatória do encontro de Assis.

O evento já conta com mais de dois mil inscritos 

pelo site oficial CLIQUE AQUI 


Rezemos e acompanhemos.

0 comentários:

Postar um comentário