22/JUL. Santa Maria Madalena: Apóstola dos apóstolos...


Muito se escreveu e se inventou sobre esta mulher extraordinária, Maria de Magdala, que fez de Jesus o amor da sua vida. Se ela estivesse na sua frente, o que lhe perguntaria? 

Talvez eu lhe diria:  Maria de Magdala como começou a sua história?... E o que foram esses sete demônios que Jesus tirou de você? Situações diversas, feias e negativas da sua vida passada? 

O que se seguiu, o seguimento incondicional como discípula de Jesus, certamente foi mais importante que sua vida anterior egressa. Você foi a mais mística das mulheres, e provavelmente também dos homens, depois de João. Por isso, só vocês ficaram firmes ao pé da Cruz com Maria, a mãe de Jesus...

Dos evangelhos emerge o perfil de uma mulher sobre a qual o Reino de Deus teve o impacto expressivo e profundo do Ressuscitado. Ela é feminina, generosa e destemida. Não receia em levantar sua saiona e sair correndo desafiando costumes e ameaças, para anunciar a Pedro e aos outros discípulos a novidade da Ressurreição. Ela é a primeira apóstola.

Deus é dom de si, e se alguns não o aceitam é por que não o conheceram como ela o conheceu. Quem ama acredita e quem acredita, ama. O verdadeiro amor é sempre inesquecível! 

Quando estamos ensimesmados, ninguém destaca no nosso pequeno horizonte. Jesus apareceu como uma sarça ardente, e ela se despojou de toda autorrefencialidade e ficou extasiada contemplando...

Deus é Deus, e por natureza indefinível. Ele se doa apaixonadamente e seduz positivamente seus interlocutores. O excesso de bem extasia, e foi o que esta mulher sentiu, viu, ouviu e tocou. Seu amado pode estar até destroçado e desfigurado pela tortura sofrida, mas é então que o amor se fez mais puro e generoso. Quando o amado perdeu toda a sua formosura humana, então só a divindade resplandece... Poucos puderam contemplar com os próprios olhos estas duas realidades em Jesus: a humana e a divina.

A Igreja, com razão declarou apóstola à Madalena e elevou sua memória litúrgica à categoria de festa, como o faz com os outros apóstolos. 

Em Maria Madalena o amor humano se fez gratidãopor que muito amou.



0 comentários:

Postar um comentário