Papa Francisco...


 O tempo passa para todos, também para o Papa Francisco. Após 7 anos no comando da Igreja, levantam-se algumas perguntas que só alguns mais achegados conseguem responder.

O Papa está cansado? Parece que sim, mas o que vemos não corresponde à realidade. O Pe. Spadaro, confidente e também jesuíta, nega que o Papa Francisco esteja realmente cansandoÉ seu estilo absorto e meditativo, mas terminada a celebração da Missa, ele está muito tranquilo e vivaz. É suo estilo, destaca Spadaro.

Sete anos de pontificado... Segundo o P. Spadaro, Francisco não segue uma visão teórica, abstrata... Não há um plano de governo, mas é bom saber que seu comportamento não prescinde jamais da realidadeBusca sempre ouvir a história, e reagir de modo apropriado... Por diversas vezes, teve que enfrentar dificuldades e superar obstáculos, mas o faz de um modo sereno e apropriado.

Alguns se perguntam: O Papa Francisco é um reformador da Igreja? Ele mesmo diz que não, só quero que Cristo esteja sempre no centro da sua Igreja... Ele mesmo reformará a sua Igreja... Não é um Dom Quixote da reforma da Igreja...  Para ele, a verdadeira reforma consiste no discernimento à luz do Espírito Santo. Ele escuta, medita, e o lugar de suas decisões não é o seu escritório, mas a sua capela... 

discernimento é uma palavra chave do seu pontificado. Há diversas formas de tomar decisões. O discernimento, para Francisco, exige uma atitude pessoal de escuta do Espírito. No centro está sempre a vontade de Deus. 

Há algumas tentações. Diante de um discernimento ainda não maduro: Vamos continuar, até obter maior clareza... A impaciência sempre é uma grave tentação.


0 comentários:

Postar um comentário