A Sé de Manresa...

Percorremos os lugares mais significativos da pequena cidade de Manresa, onde Inácio de Loyola, após sua conversão, aprendeu os segredos da vida espiritual. Hoje adentramos na Basílica de Santa Maria, popularmente conhecida como A Sé, principal monumento da cidade.


Esta igreja gótica do século XIV teve como arquiteto projetor o mesmo que fez a belíssima Santa Maria del Mar, em Barcelona, e onde Inácio frequenta e pede esmolas sentado num degrau de uma das acoplas interiores... Caraterística deste igreja é seu interior despojado e simples.

 

Parece que foi a primeira igreja que o Loyola visitou quando chegou na cidade. Segundo um informante no processo de canonização “... A primeira vez que o Padre Inácio entrou na cidade [Manresa], ele veio a esta igreja e com grande devoção, e na capela de Santo Antônio, perto da parede dela, ajoelhou-se, e  mãos juntas e virado para o altar, onde estava o Santíssimo Sacramento, ficou por mais de duas horas concentrado em oração...

 

Inácio visitou A Sé na mesma manhã em que chegou a Manresa. O peregrino de Loyola ia a ela diariamente e, como dizem alguns, rezava na capela de Santo Antônio Abade (hoje capela de San José). ... Deixar Deus agir na sua criatura e esta no seu Criador e Senhor... Foi em Manresa que ele dedicava até 7 horas à oração (Autob. 23; 26) Na vida de Inácio o tempo de oração era o espaço central de sua vida. 

 

Foi um cônego desta Sé, Joan Bocotavihomem muito espiritual e que pregava ali... que o ajudou na superação de seus escrúpulos intermináveis que tanto o atormentaram. 

 

Nos vitrais da catedral encontramos três que se referem a Inácio, um deles na gruta escrevendo seus Exercícios Espirituais. 


A Sé de Manresa nos fala sempre de Deus...




0 comentários:

Postar um comentário