7 – Reunião: O que estou procurando?

Objetivo: Iluminar nossa mente e aquecer o coração para abrir-nos sempre mais a Ele e a todos.

Oração Inicial: Deus é amor! Arrisquemos viver por amor. Deus é amor! Ele afasta o medo.

Graça a pedir: Deus ilumina-nos e abra-nos sempre mais para cumprir sempre a vossa vontade.

Evangelho: Rm 12,3-13 (“...Todos se extraviaram... Não há quem faça o bem, não há nem um só...”)  

Partilhar a história de oração da semana: Com a ajuda de seu diário de vida, partilhe a experiência com o silêncio. Houve resistências ao silêncio?

Tema do encontro: Ler o Artigo “Comunidade: Um modo de vida Inaciano”
Baseado no artigo, o que você sente ser três ou quatro características da CVX?

Exercício de oração Silênciosa: Sente confortavelmente... Feche os olhos... Relaxe todos os músculos, começando pela cabeça, indo até o pé...  Permaneça relaxado... Conscientize-se de sua respiração... Acompanhe a leitura do Salmo 46...

Avaliação: Reflita por alguns minutos sobre a reunião de hoje... Como se sentiu e o que gostaria de partilhar com os outros sobre este encontro?

Oração Final: Pai Nosso

Tema: O que estou procurando? No começo da minha caminhada no grupo existiam algumas questões relacionadas com minha vida e suas contradições, com Deus, com a Igreja...

Provavelmente tenha alguns questionamentos até em relação com o sentido da sua vida... Trabalho para viver ou vivo para trabalhar?...Qual o redemoinho de suas atividades sociais e familiares?... Que acontece quando para?

Você gostaria de fazer alguma coisa mais significativa pelos outros, mas não consegue por causa dos seus compromissos ou preconceitos? Tem a impressão de que o que faz está geralmente em contradição com os valores do Evangelho? Qual a diferença entre a sua vida e a daqueles que não são cristãos?...

Quem sabe você tem atividade na Igreja ou está envolvido numa ação social?... Descobre razões para viver, mas provavelmente sente o desânimo... Procura aprofundar sua fé e buscar as razões da sua esperança junto com outros que pensam de modo parecido. Você acredita em Deus e sabe se relacionar com Ele na oração? Sabe que Jesus está vivo e Ressuscitado e o sente presente na sua vida e na vida do mundo que o rodeia?

Qual o sentido de pertença afetiva que você tem em relação à Igreja? Anos atrás alguns homens e mulheres se colocaram as mesmas perguntas e decidiram se encontrar com alguns membros da Companhia de Jesus (jesuítas). Concordaram em se encontrar periodicamente e de se abrir uns com os outros para percorrer um caminho juntos. Descobriram um novo sentido de viver! Realizavam o que tinham a fazer, mas o faziam com um outro espírito, de uma outra maneira.

Aos poucos todas as áreas da vida começaram a se unificar e a se tornar meios de viver o amor. Desse modo encontravam Deus em tudo e todos.

O que dá valor realmente à sua vida? Como pode possuir maior significado seu trabalho, seus relacionamentos, seu lazer? O que você procura através disso tudo? Nada se pode fazer sem estar motivados, sem largar máscaras e papéis de uma vida muito convencional.       

Formar uma pequena comunidade, partilhar fraternalmente a vida, se abrindo uns com os outros num pequeno grupo... Foi assim que surgiu um dia a CVX.

Questões para refletir e partilhar:
  1. É você que dá sentido às coisas ou são elas que lhe dão sentido?
  2. Qual o propósito de vir a este grupo iniciante?

0 comentários:

Postar um comentário