Tentações...

Não nos deixes cair na tentação...
Quem nunca foi tentado atire a primeira pedra.

Tentação é palavra temida e sedutora e diante dela alguns dizem: “Não pode!...” e outros “que delícia!...” Eu tenho percebido que, quanto mais se nega e reprime, mais ela rebota e ecoa... É como se o proibido despertasse mais o nosso desejo.

Tentação é atração para o ilícito, inadequado ou proibido. A propaganda e o marketing sabem disso, daí os apelos constantes a gastar mais do que se tem ou a fazer o inconveniente e o indevido.

A tentação, para quem acredita, é mentirosa e rompe a coerência, a fraternidade. As Escrituras cristãs a relacionam sempre com o mal.

Contudo, as tentações fazem parte da nossa caminhada. O próprio Jesus foi tentado; Pedro e Paulo também. Para eles não foi fácil caminhar sempre no amor. Há gestos humanos maiores do que o próprio querer e interesse

As tentações vêm por fora e por dentro; ninguém está livre das seduções do mundo e do medo dos seus próprios fantasmas...

Mas, a tentação pode virar também paranoia: “Quanto mais rezo, mais fantasmas aparecem...”, dizia-me uma pessoa amiga. 

A tentação se vence com boas ações. Ter Jesus como único Senhor e Salvador é o primeiro passo, pois a limitação experimentada nunca será maior do que a salvação por Ele realizada!

Antigamente podíamos ter até escrúpulos, mas hoje provavelmente temos mais arrependimentos...


Uma pergunta: Como supera suas tentações?


4 comentários:

  1. jesus é para mim o Amor encarnado. Maria Laura Vellasco

    ResponderExcluir
  2. Renata Lagrotta Franco8 de abril de 2015 11:50

    As tentações me ajudam a perceber quais as entradas frágeis do "meu castelo" (o que é capaz de me dominar ou arrastar?). Ao identificar o que me é tentador, também sou capaz de identificar o que é frágil e vulnerável em mim. Assim, torno-me mais livre, pois reconheço até onde posso ir.

    ResponderExcluir
  3. Las tentaciones son muestra de las debilidades del ser humano... (A.P)

    ResponderExcluir
  4. Há tempos que queria te escrever. Gostaria apenas de agradecer pelos textos corajosos, lúcidos e tão profundos que o senhor posta no seu blog. Tenha certeza que eles causam grande reflexão nos seus leitores. Desde atualidades, passando por alguns tabus polêmicos até belos comentários a passagens bíblicas. O senhor nos brinda sempre com algo provocador, que nos move a algo... Quando penso que o senhor já foi corajoso demais ao tratar de um assunto, o senhor vai e enfrenta com simplicidade um tema mais espinhoso ainda, mostrando que para os seguidores de Cristo não há assuntos proibidos, protegidos por algum falso moralismo. Esse é um grande serviço que o senhor presta! Deixo aqui consignada a minha grande admiração pelo senhor. Mesmos depois de algum tempo de convivência com alguns jesuítas, ainda me encanto com a humanidade simples e acolhedora de cada membro da Companhia. Obrigado pelo seu testemunho e continue sendo essa presença na Igreja e no mundo. Um abraço (G.V)

    ResponderExcluir