O Inferno...

Nel mezzo del cammin di nostra vita mi ritrovai per una selva ooscura, che la diritta via era smarrita... (Dante)

O inferno está onde ninguém possui coisa alguma de comum seja com quem for, exceto o ódio mútuo e a impossibilidade de fugir dos outros e de si próprio.
Todos estão sendo lançados no mesmo fogo e cada qual esforça-se por repelir os outros, com um ódio imenso e impotente. E a razão por que querem libertar-se uns dos outros não é tanto odiarem o que vêem nos outros como saberem que os outros odeiam o que vêem neles: todos reconhecem nos outros o que detestam em si, ou seja: o egoísmo, a impotência, o sofrimento, o terror e o desespero...
(Thomas Merton: Sementes de contemplação/1955)

Meu Deus! Quantas pessoas já vivem nessa situação e não o percebem...

0 comentários:

Postar um comentário